O MAPA DE ÁFRICA EM SALA DE AULA: A PERSISTÊNCIA DO IMAGINÁRIO DA DESQUALIFICAÇÃO NA CARTOGRAFIA ESCOLAR DE ÁFRICA

 

 Mapa Regional da África endossado pela Organização da Unidade Africana em 1976

 

No Brasil, o temário da afro-educação conjumina-se objetivamente com a questão racial, se especificando tanto no tocante à percepção desqualificante da África, quanto no preconceito que incide, na materialidade social, nos grupos de afro-descendentes.

A Lei 10.639 (03-02-2003), ao propor o resgate dos saberes e da participação negra na sociedade brasileira nos sistemas público e particular de ensino, trouxe um claro conteúdo de novidade. É a primeira vez na história do país que o combate ao preconceito no sistema de ensino é postado concretamente.

Mas, o racismo é uma ideologia profundamente enraizada no imaginário nacional. Daí a resistência na efetiva aplicação da Lei e a reincidência de formulações preconceituosas dirigidas à África, seus povos e suas culturas.

Desse modo, se a Lei 10.639 lavrou um tento ao demarcar tema extremamente importante para a consolidação da cidadania e do senso de nacionalidade (que não pode em hipótese alguma prescindir da contribuição negra), por outro, enfrenta obstáculos que se estendem da omissão pura e simples em aplicá-la à repetição de dogmas afro-pessimistas na sua emanação mais emblemática.

O paper O Mapa de África em Sala de Aula: A Persistência do Imagtinário da Desqualificação na Cartografia Escolar de África expressa um ideário que tem ignorado a importância do continente na atual conjuntura mundial. Alterar essa ideação é fundamental para construir uma nova cartografia de África, e por extensão, desconstruir os preconceitos.

Divulgado primeiramente no âmbito do XVIII Curso de Difusão Cultural do Centros de Estudos Africanos da USP (Março de 2013), esse paper segue para os interessados arquivo completo do texto original  (7,37 MG).

 

 
O Mapa de África em Sala de Aula: A persistência do imaginário da desqualificação na cartografia escolar de África. 
CEA-USP - XVIII, Curso de Difusão Cultural, Março de 2013.

 

 

 OUTROS TEXTOS SOBRE CARTOGRAFIA ESCOLAR DE ÁFRICA

 

Mapa Regional de África: Subsídio indispensável para a compreensão do continente 
Artigo eletrônico disponibilizado no site da Cortez Editora integrando as comemorações do Dia da África, 25-05-2013
(Texto masterizado e incorporado à Série Africanidades 3).



 

Joomla Templates by Joomla51.com